domingo, 7 de setembro de 2008

Quantas?

Quantas vezes você disse que era pra sempre?
Quantas vezes você quis que fosse?
Quantas vezes você disse que ama?
e pra quantas pessoas diferentes?
já pensou que se nunca tivesse conhecido, não amaria?
Quantas vezes você disse "agora vai".
Quantas vezes você disse, "não era tudo isso".
Quantas vezes você quis pensar
que não ia mais encontrar
alguém para substituir esse lugar?
Quantas vezes você teve certeza?
e depois descobriu que estava errado?
Quantas vezes se desapontou
e simplesmente esqueceu
como se nunca tivesse ficado?
Só estou querendo dizer aqui
Aproveite o seu atual "amor da sua vida",
como já dizia o poeta.
"Seja eterno enquanto dure".
porém
eu quero que seja pra sempre.

1 comentários:

Ivan Luiz Ferreira disse...

Hum... belo poema!!!

gostei... você leva jeito!rs

^^