segunda-feira, 6 de outubro de 2008

memos

muitas vezes
caio nas memórias de você
nas coisas que costumavamos fazer
mas são memórias
foram reais
não são mais
são histórias
e todos dizem as mesmas coisas velhas de sempre
dizem dizem dizem
qualquer coisa que você não quer ouvir
porque eu preciso de um tempo de pensar no que não dizer
não há verão aminha volta
some
porque a nova musica esta vindo
e eu vou canta-la
e mais pessoas cantarão comigo
as paredes de papel fora molhadas com lágrimas
de um dia chuvoso
porque não existe situação perfeita
e se eu cai , você também caiu
porque no próximo feriado
a musica será cantada dinovo
e você poderá ouvi-la
no chão, no mar, no ar
e quando gritarmos, gritaremos juntos
de longe
você pode ouvi-la?

^^

Leia Mais…

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Someday. ai ai viu.

Tentamos ser perfeitos, mas somos livres
Toda a existência pode ser vista como nas estrelas que desejamos ser
Pouco a pouco
Como foi a vinda
Você se liberta
E se pergunta porque
No meu lugar, coisas que não posso mudar
E não importa mais agora, porque
Pouco a pouco você se liberta
E agora sua vida é do seu tempo
E te dará o que você quer e precisa
Pouco a pouco
Sua vida se conserta
Corações fechados ou abertos
Se vê em risos
Vontade de não ter medo
Porque pouco a pouco
Sumiremos das estradas.

Someday.... ^^

Leia Mais…