quinta-feira, 12 de março de 2009

Indo pra casa.

 

Ele acordou de seus sonhos e calçou seus sapatos
Começou sua rotina passadas
Duas da manhã
Ele não tem estado sóbrio há dias
Inclinando-se agora para dentro da brisa
Se lembrando de domingo, ele cai de joelhos
Eles tomaram café da manhã juntos
Mas dois ovos não duram
Como a sensação da qual ele precisa
Agora este lugar lhe parece familiar
Ela puxou sua mão com um riso malicioso
Ela o guiou escada acima
O deixou morrendo para entrar
Me perdoe, eu estou tentando encontrar minha vocação
Estou chamando através da noite
Eu não pretendo ser um incômodo
Mas você tem visto esta garota?
Ela tem corrido pelos meus sonhos
E está me deixando louco, parece que
Eu vou pedir para ela se casar comigo
Mesmo que ela não acredite no amor
Ele está determinado a chamá-la de blefista
Quem poderia negar estas borboletas?
Elas estão preenchendo seu interior
Acordando os vizinhos, rostos desconhecidos
Ele suplica ainda que tenta
Mas só é rejeitado
Agora ele está morrendo para entrar
Me perdoe, eu estou tentando encontrar minha vocação
Estou chamando através da noite
Ela tem corrido pelos meus sonhos
Os vizinhos disseram que ela se mudou para longe
Engraçado como choveu o dia todo
Eu não tinha pensado muito nisso até então
Mas agora tudo começa a fazer sentido
Oh, eu posso ver agora que todas essas nuvens
Estão me seguindo em meu empenho desesperado
Para encontrar o meu alguém, onde quer que ela possa estar
Mas você esperaria isso de mim
Agora a chuva está apenas lavando você dos meus cabelos
Mantendo um olhar no mundo
A milhares de pés afastada do solo
Eu estou sobre você agora
Estou em casa nas nuvens, me elevando sobre sua cabeça
Eu acho que irei para casa agora

1 comentários:

Heloisa Ikeda... disse...

Outra letra de musica? Ou esse texto é seu? Eu adorei!

bjs ;]