segunda-feira, 9 de março de 2009

Juro

Ouça você mesm
Será que está vivo?
Mantenha-se vivo
Na estrada dupla
Não mantenha a boca fechada
Eu juro que vou fazer certo
Mostre-me tudo o que eu quero ver
Pare de sangrar, duvidar
Deixe tudo limpo pra história que quer vir
Eu juro que vou fazer certo
Porque tudo isso é ouro
E é ouro pra uma vida toda
Apenas leve esse ouro pra casa
E divida-o com quem te faz bem
Esses ossos de quem ja relutou
deixem que eles relaxem
e se entrege
Ja está ficando tarde
Venha para sua segunda casa
Conte seus sonhos, não tenha medo
Eu juro que vou fazer certo
Pequenas bombas ja abriram os caminhos mais difeiceis
Agora é só se entregar
Eu juro que vou fazer certo.