quarta-feira, 29 de abril de 2009

10% + 90% = 100%

 

Esse texto acho que serve para mais pessoas, no geral, sem discriminação.

Tenho tentado aplicar essa rotina, mas devido ao meu temperamento meio explosivo, e minha péssima “atuação” ao desfarçar, muitas vezes não consigo.

Eu recebi por email, ha muito tempo atrás, e lembro quase que somente da “essência” do texto, mas acho que vou conseguir passar essa idéia.

 

O dia é dividido em 10% e 90 %.

10% São Fatos que você não tem controle.

90% É a forma como você reage a esses fatos.

A prova que isso realmente pode influênciar o nosso dia, viu mostrar num exemplo simples e até que dramático demais abaixo.

Reação 1: Logo de manha, a família toma café. Derrepente, sem querer o filho derruba o café na roupa de trabalho de seu pai. seu pai fica puto da vida, começa a chingar e brigar com o filho. O filho acaba saindo correndo e se tranca no quarto. O pai vai atrás batendo na porta com força dizendo “Venha aqui, você tem que ir pra escola, sai logo!” , o menino faz birra e demora para sair do quarto. Quando finalmente sai, ambos estão atrasados. O pai, acaba dirigindo com imprudência para não chegar atrasado no trabalho, ja que ainda tem que deixar o seu filho na escola. Por estar em alta velocidade, acaba sofrendo um acidente.

Um acidente que teve origem numa xícara de café derramada.

E se fosse diferente?

Reação 2: Logo de manha, a família toma café. Sem querer, o filho derruba café na roupa de trabalho de seu pai. Seu pai fica puto da vida, mas ao invés de gritar e brigar com o filho, ele simplesmente diz : –Filho, você precisa tomar mais cuidado. (em tom sério).  O filho, logo pede desculpa, ja com cara de quem sabe que fez algo errado. O pai, diz, “tudo bem, mas preste mais atenção”. O pai troca de roupa e o filho acaba de se arrumar. como o filho não ficou assustado e nem fez a birra de se trancar no quarto, não houve atraso. O pai e o filho saem de casa. os dois chegam ao seu destino sem que nada lhes aconteça.

Foi um exemplo bem dramático, mas acredito que não “surreal”.

Acredito que tenha ficado claro o que a REAÇÃO sobre um FATO pode causar.

Quantas vezes no dia você reage sem pensar? ou quantas vezes no dia poderia reagir diferente?

Eu pelo menos, tenho tentado aplicar isso de reagir diferente em certas ocasiões, algumas vezes tenho conseguido.

E você?

Não acha melhor tentar?

Leia Mais…

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Achei.

Eu estou sentado aqui completamente sozinho
Apenas tentando pensar em alguma coisa para fazer
Tentando pensar em alguma coisa, qualquer coisa
Apenas para deixar meu pensamento distante de você
Mas você sabe que isso não está funcinando
Porque você é tudo na minha mente
Um pensamento em você é tudo que preciso para
Deixar o resto do mundo para tras

Bom eu não achei que isso fosse mais longe do que
já foi
E eu não pretendia ir tão perto e dividr o que nós
fizemos
E eu não pretendia me apaixonar, mas eu me apaixonei
E você não pretendia me amar também, mas eu sei que
você me amou

Eu estou sentado aqui, tentando me convencer
Que você não é a única pra mim
Mas quanto mais eu penso, menos eu acredito nisso
E mais eu quero você aqui comigo
Você sabe que os feriados estão chegando
Eu não quero passar eles sozinhos
Memórias do natal com você
Irão apenas me matar se eu estiver comigo mesmo

Bom eu não achei que isso fosse mais longe do que
já foi
E eu não pretendia ir tão perto e dividr o que nós
fizemos
E eu não pretendia me apaixonar, mas eu me apaixonei
E você não pretendia me amar também

Eu sei que essa não é a coisa mais esperta a se fazer
Nós apenas não podemos dar a impressão de que está
certo
Mas o que eu não daira para ter mais uma chance essa
noite
Mais uma chance essa noite

Eu estou sentado aqui tentando me intreter com esse velho violão
Mas com toda a minha espiração se indo isso não está
me deixando muito distraido
Eu olho em volta do meu quarto e tudo que eu vejo me
faz lembrar de você
por favor, mor não queira soltar a minha mão
Nós não temos nada para provar

Bom eu não achei que isso fosse mais longe do que
já foi
E eu não pretendia ir tão perto e dividr o que nós
fizemos
E eu não pretendia me apaixonar, mas eu me apaixonei
E você não pretendia me amar também, mas eu sei que
você me amou

E eu não pretendia te encontrar naquele tempo
Quando nós eramos apenas crianças
E eu não pretendia te causar arrepios
Do jeito que eu te beijei
E eu não pretendia me apaixonar, mas eu me apaixonei
E você não pretendia me amar também, mas você me amou
Não diga que você não me ama também, porque eu sei que você me amou


Não, você não pretendia me amar também

Mas você me ama



T AMO MO!

Leia Mais…